quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Passeio: Jardim Botânico - RJ

Bom diaaaaa!
Hoje vim falar de passeio. Aliás, vou fazer um apanhado de postagens nesse tema meio “turistando”. Quem me conhece sabe como sou louca por viajar e nós falamos tanto disso e muitas das vezes não aproveitamos nossa própria cidade.
            De um tempo para cá eu decidi que vou conhecer pelo menos parte do Rio e eu não deixaria vocês de fora dessa. Gravei também pequenos vídeos, mas estou precisando de um cartão de memória com mais espaço, então de repente lanço alguns “mini-vlogs” falando desses destinos também. Aguardo os comentários de vocês sobre o que estão achando ein, mocinhas e mocinhos.

            O destino de hoje é o Jardim Botânico aqui do RJ. Eu fui lá ontem com a Sophia (para quem não conhece, é minha priminha) e estou com a memória fresca para contar tudo.


Foto do começo do ano quando fui pela primeira vez.

O que tem para fazer: O Jardim Botânico é um passeio que indico para TODAS as idades, inclusive para bebês, que eu não aconselho tanto no zoológico, por exemplo rs
É a segunda vez que vou lá e sempre vejo idosos caminhando, como também vejo gente com carrinho de bebê. É um passeio bem “família” e pode ser feito de diversas maneiras. Há os que vão curtir a sombra, os doidos que querem explorar o mapa todo (eu), os que querem contato com natureza lendo em um dos milhares banquinhos espalhados por lá, os que vão para fazer ensaio fotográfico e os que querem educar seus filhos para que desde o início tenha esse contato rotineiro. E sério, lá é muito bom para tirar fotos legais eu tirei trocentas.
            O legal do jardim botânico é que ele tem áreas específicas, porque na maior parte do tempo não paramos para ler cada plaquinha com o nome da árvore no chão. Então tem o jardim sensorial (Sophia amou e foi cheirando cada erva aromática rs), o cactário, o orquidário, o jardim japonês, o rosário (que novamente estava bem feinho)... Enfim. Tem ruínas e casarões lá ótimos para fotografar.
            Além disso, há a área para lanche com mesas e bancos. Então não pague mico como eu que sentei para dar lanche à Sophia e fui abordada pelo guardinha. Na mesma área de alimentação há uma cantina que não fui conferir, mas deve ser cara e um parquinho para as crianças de até 10 anos com balanços e escorregadores.
Esse é um dos bebedouros espalhados por lá, eu prefiro levar minha própria água, mas paramos diversas vezes para molhar o rosto ou lavar as mãos com água fresquinha. 

Preço: O preço é outro detalhe interessante, a entrada custa apenas 10 reais (preço no dia 03/11/2016) e como costuma ser, menores de 21, estudantes e idosos pagam meia.

Segurança: Acredito que por ser um lugar fechado, é bastante seguro. Como eu disse ali em cima, muita gente vai para fazer ensaios fotográficos então há câmeras profissionais e celulares para todos os lados. É bem tranquilo e isso para mim é um ponto suuuuper positivo.

Localização: O Jardim Botânico fica próximo à Gávea, no endereço: Rua Jardim Botânico, 1008
Próximo há o Planetário que fica na gávea e o Parque Lage (que faz parte do Jardim Botânico também).

Como chegar: Lá não tem estação de BRT, VLT, trem ou metrô, mas é facilmente acessível por ônibus. Eu fiz meu caminho pegando o ônibus 309 na estação de BRT Alvorada. Achei que ele dá um pouco de volta, mas o que importa é que me deixa ali na entrada. Ouvi dizer que há um ônibus saindo da central do Brasil e tem um que você pode pegar na estação de metrô ali de Botafogo. Mas deve ter outros caminhos também, é só pesquisar.

Considerações finais:Se estiver muito calor provavelmente será um dia um pouco cansativo. Há muita sombra por lá como também há áreas que não conseguem fugir do sol e se estiver com criança, mas ainda assim quiser conhecer todo o espaço pode se tornar um pouco estressante, pois lá é grande. A dica é levar água e lanche. Na primeira vez eu fui somente com meu namorado, então levamos biscoito e compramos água na entrada. Como ontem fui com criança, fui de mochila e levei água, guaraná natural e mini sanduíches. Se você gosta de natureza sem ter que se colocar numa trilha apertada, eu super indico, pois é bem relaxante e há muito lugar para sentar caso não queira ficar andando o dia inteiro.

É isso aí pessoal! Espero não ter falado muito, mas queria dar todos os detalhes para vocês, pois cheguei lá na primeira vez sem saber de nada! Me contem o que acham desse tipo de postagem e até a próxima! Vou deixar aqui em baixo mais algumas fotos caso queiram ver e aí é só clicar.


Beijoooooooooooooooo!

terça-feira, 28 de junho de 2016

...O RECOMEÇO...

Era uma vez duas amigas muito doidas que decidiram criar um blog...

...Ok, esse início está clichê há muito tempo, mas o objetivo real não é contar nossa história e sim mostrar um pouco do motivo da criação do blog e explicar o porquê da nossa pausa e nosso recomeço depois de tanto tempo. 

Nós criamos o blog com o intuito principal de compartilhar resenhas principalmente de livros e cosméticos além de tutoriais de nail art e maquiagem. Esse foco principal não mudou, mas acredito que nós tenhamos mudado. Nesse meio tempo eu conclui a faculdade, já não trabalho mais de forma direta com maquiagem e apesar de ser uma apaixonada por isso, no momento penso mais em viajar. Enquanto isso, a Dani aumentou seu numero de livros lidos e já não faz mais tantas nail arts. 

Passaram-se mais de três anos e acredito que, acima de tudo, nós amadurecemos e temos uma mente mais ampla hoje e o blog acaba sendo refletido nisso. Logicamente que não vamos sair colocando tudo que passa em nossa mente, mas as postagens, além de livros e cosméticos, podem abordar assuntos ambientais, sociais, culinários, artesanais e sobre viagens, ainda que seja em menor frequência. Porque queremos realmente um blog que tenha tudo a ver com você e que possa acrescentar em algo no seu dia-a-dia. ;)

E por que voltamos?

Porque gostamos de fazer isso.
Não tem outra resposta mais adequada. Nós amamos compartilhar algo que (ao que esperamos) seja útil para vocês leitores. 

Quando o blog parou, de certa forma foi decisão minha, pois eu não tinha tempo hábil para manter atualizado e como eu não queria deixar a responsabilidade toda em cima da Dani que aceitou a loucura de forma super prestativa, preferi desativar por todo esse tempo. 

Agora que conclui a faculdade pude respirar e dizer “amiga, fiz um novo layout e lá vamos nós de novo”, e assim, com calma vamos retomando esse blog que expõe um pedacinho de nós.

Aliás, pensei em excluir as postagens antigas porque inclusive tem fotos minhas e formas de falar que me dão vergonha (sinceridade), mas preferi deixar porque tem algumas postagens com bastante visualização e de qualquer maneira, gosto de ver progresso. HAHA

E é isso aí, voltamos!
Esperamos que gostem desse recomeço tanto quanto nós! 


quarta-feira, 13 de março de 2013

# Tutorial: Maquiagem rosa e roxa.

 Heey meninas, tudo bom? Hoje vim trazer um tutorial suuuper fácil para vocês. Dessa vez usei sombra cintilante porque eu sou fissurada em matte e tava fazendo todo mundo ser obrigado a ser também (apesar de ninguém ter reclamado, mas né...) Espero que gostem!


Essa make tem cores bem femininas e pode ser usada em diversas ocasiões.

Vamos ao tutorial?


1-Logo depois de espalhar o primer de sombras de sua preferência por toda a área dos olhos, aplique sombra rosa até quase o final da pálpebra móvel, deixando apenas o canto externo e interno livres. 2- Com um pincel chanfrado, demarque o côncavo e o canto externo dos olhos com uma sombra roxinha. 3- com o mesmo pincel, escureça o côncavo com uma sombra roxa mais escura.


1- Com um pincel de detalhes, use uma sombra branca de leve no ‘cantinho da lágrima’ 2- Delineie da forma que preferir (eu usei lápis de olho mesmo, pra ficar com traço mais leve) e passe lápis na linha d’água. 3- Finalize com rímel.

Resultado:


Material usado:
Paleta de 78 cores - Modelo C
Paleta de 120 cores – Modelo B
Lápis de olho preto – PlayBoy
Rímel The Colossal – Maybelline
Rímel Super Magnify – Avon
Fixador de sombras – Dailus

Então, é isso amores! Espero que tenham gostado.
Beeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeijos e até o próximo post! :D
 

segunda-feira, 11 de março de 2013

# Resenha do livro: Procura-se um marido (Por: Dani Souza)




Título: Procura-se um Marido
Autora: Carina Rissi
Editora: Verus Editora
Lançamento: 2012
Páginas: 474

Sinopse:

Alicia sabe curtir a vida. Já viajou o mundo, é inconsequente, adora uma balada e é louca pelo avô, um rico empresário, dono de um patrimônio incalculável e sua única família. Após a morte do avô, ela vê sua vida ruir com a abertura do testamento. Vô Narciso a excluiu da herança, alegando que a neta não tem maturidade suficic1ente para assumir seu império, – a não ser, é claro, que esteja devidamente casada. Alicia se recusa a casar, está muito bem solteira e assim pretende permanecer. Então, decide burlar o testamento com um plano maluco e audacioso, colocando um anúncio no jornal em busca de um marido de aluguel. Diversos candidatos respondem ao anúncio, mas apenas um deles será capaz de fazer o coração de Alicia bater mais rápido, transformando sua vida de maneiras que ela jamais imaginou. Cheio de humor, aventura, paixão e emoções intensas, Procura-se um marido vai fisgar você até a última linha.


Resenha:



Olaa meninas o/ trago outra resenha de um livro da Carina Rissi Procura-se um marido, como eu já disse na minha primeira resenha eu amei o Perdida e sinceramente? A autora não me decepcionou! Então vamos conhecer um pouco mais da história?
Este é um livro realmente gostoso de ler, ele conta a história de Alice uma mulher que adora festas e viajar mundo a fora sem ter compromisso com nada, ela mora com seu avô Narciso que ama muito que é um empresário de sucesso com uma fortuna inimaginável, ela perdeu seus pais quando era criança assim ficando aos cuidados do seu avô, mas quando seu avô morre, não só deixando ela sozinha sem o amor fraternal que ele a dava, e também deixando pobre deixando o Clovis (o advogado do avô ) como seu tutor, sem direito a herança a não ser que ela se case e fique casada por 1 ano. É aí que tudo começa a complicar e ela arruma várias confusões.
Ela precisa trabalhar agora então ela vai pra um emprego que seu avô deixou separado pra ela, ela chega atrasada, faz algumas confusões com papéis e tratada mal e é lá que ela conhece o Max, lindo, alto, sexy e completamente irritante pra ela.
Então junto com sua melhor amiga a Mari, Alicia planeja um modo de dar a volta por cima e reverter essa situação, ela decide procurar um marido de aluguel, e nessa vem várias situações engraçadas e confusões que ela se mete, até aparecer uma opção que ela nunca imaginou. Max está disposto a ajuda-la, Alicia é contra no começo mas acaba aceitando, então ela tem que viver ao lado de Max com um casamento de "fachada" pra poder receber sua herança, mas a muita coisa por trás de tudo isso, e ela precisa saber quem realmente pode confiar, e se ela poderá tornar esse casamento que no início era só um acordo em um casamento real  ,e é assim que essa linda e divertida história de amor começa, será Alicia capaz de lutar pelo que realmente importa pra ela ?e descobrir todos os segredos que esse testamento do seu avô envolvem?? Viver ao lado de Max sem ficar louca e poder conquista-lo de verdade? A Alicia nos surpreende a cada página, um crescimento visível da menina se tornando mulher. Carina Rissi não decepcinou jamais e repetiu aquele mesmo gosto que eu tive em Perdida, um gosto de "já to com saudades *---*" e aquela ótima sensação que foi o tempo muito bem gasto.
Se você é daquela que curte uma história divertida, romântica e cheia de confusões, vai se encantar por Alicia e Max, esse casal que se tornou mais que perfeito até mesmo em seus defeitos. Um ótimo livro e só posso desejar que Carina Rissi escreva vários outros.

Então meninas está é mais uma resenha, tentando ao máximo não da spoiler de mais a vocês kkkkkk um grande beijo e até a próxima ;*